O primeiro mercado realizado em Pinhal Novo efetuou-se em 9 de maio de 1875 de acordo com a informação manuscrita deixada pelo padre Theodoro de Souza Rego, primeiro capelão de Pinhal Novo.

A recriação deste mercado assume-se como um evento que pretende aliar a animação sociocultural e a histórica, envolvendo na sua organização e dinamização instituições e associações da freguesia e pretende contribuir para o histórico das tradições e dos costumes locais e na preservação e promoção da identidade cultural.

Paralelamente a esta recriação, a iniciativa pretende ainda divulgar e promover o património gastronómico que é a Sopa Caramela e contribuir para a dinamização do comércio tradicional e a divulgação turística da região.